Seja bem-vindo ao BRASIL DE DENTRO. Vamos tirar o Brasil da gaveta!

Conheça o letrista PAULO CÉSAR PINHEIRO por meio de suas canções. Clique no play.

LEIA!

O BRASIL DE DENTRO é um blog que não visa lucro. Seu objetivo é apenas um: desvendar o Brasil para os brasileiros. Quer ajudar a concretização desse objetivo? Faça o seguinte: divulgue o BRASIL DE DENTRO entre seus amigos. Um grande abraço!

COMO BAIXAR OS ARQUIVOS DESEJADOS

Tenha certeza de que você está na página dedicada ao artista procurado, e não apenas vendo uma determinada postagem, como uma nota de atualização ou uma nota biográfica. Procure selecionar o artista clicando sobre seu nome na lista apresentada no final da página.

A página do artista apresenta a seguinte ordem: biografia, vídeos disponibilizados no Youtube e as capas dos álbuns com os respectivos links. Para baixar os álbuns, basta clicar na imagem do canário abaixo da frase "TIRE ESTE ÁLBUM DA GAVETA".

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

ODAIR CABEÇA DE POETA & GRUPO CAPOTE


O instrumentista, cantor, compositor e poeta, entre outras façanhas, foi baterista dos Novos Baianos e fez parceria com Tom Zé, produzindo canções de nomes curiosos como “O Forró Vai ser Doutor” ou “A Dor É Curta e o Nome Comprido”, faixas que fazem parte do álbum O Forró Vai Ser Doutor (1975), de Odair Cabeça de Poeta e o grupo Capote. Participou do disco Todos os Olhos (1973), de Tom Zé. E, apesar de distante do meio artístico, não parou de criar. Odair continua ligado à musica e à poesia, como se suspeitava.

Cabeça de Poeta foi precursor do estilo forrock, juntamente com seus companheiros do Grupo Capote. Uma curiosidade é a música “A Feira da Fruta”, usada na dublagem escrachada do seriado do Batman e que ficou conhecida na internet como “Batima”. Uma das canções mais conhecidas, em parceria com o rebelde da MPB, Tom Zé, é “Dodó e Zezé”, uma conversa de dois matutos.

Embora há 10 anos afastado dos palcos, por escolha própria, nunca esqueceu a vida de artista. “A música está no corpo da gente, na alma da gente”, revela o artista.

Em 2001, seu plano era desenvolver um trabalho ligado à percussão e levá-lo para os Estados Unidos. Para isso, resolveu sair de São Paulo, e ir para Boipeba – ilha inserida no Arquipélago de Tinharé, distante 340 km de Salvador - lugar pacato, onde ia conseguir conceber o seu projeto com tranquilidade. “Fui pra ficar dois meses, mas gostei tanto e acabei ficando 10 anos! Abri uma pousada, depois vendi e fui para Guaibim – distante 18 km de Valença - , onde estou morando agora”, contou. Foi aí, segundo ele, que se afastou do mundo frenético de fazer shows, ensaios, discos e resolveu descansar. “Praticamente desde 14 anos trabalho com música, já cheguei a ficar dois meses viajando! Quis um descanso”.

O último trabalho que fez, embora já estivesse sem gravar discos e fazer show, foi há três anos, comandando o programa de rádio “Rebuliço”, exibido todos os sábados, na Band FM. Há quatro anos, ele é dono de um provedor de internet em Guaibim e diz estar dando muito certo. A escolha por trabalhar com internet surgiu muito do seu interesse por tecnologia, juntando o útil ao agradável.

......................................................................................................................

O conjunto musical brasileiro Grupo Capote esteve em atividade durante a década de 1970. Criado pelo cantor e compositor Odair Cabeça de Poeta, também tocava às vezes em parceria com o músico Tom Zé. O repertório misturava ritmos tradicionais nordestinos, como o forró e o maxixe, com os instrumentos eletrônicos e a batida típicos dos grupos de rock, e sobretudo uma boa dose de humor nas letras. Odair Cabeça de Poeta é baiano, tocou bateria com os Novos Baianos. Odair e o Capote gravaram discos como O Forró Vai Ser Doutor (1975) e Rebuliço (1979).

MÚSICOS:

Odair Cabeça de Poeta (Voz, Viola, Percussão)
Oswaldinho (Acordeom)
Edgar (Violão baixo, Baixo)
Koelho (Bateria e Bongô)
Mathias (Percussão, Vocal).

DISCOGRAFIA:

1972 Grupo Capote no Forróck
1974 Odair Cabeça de Poeta & Grupo Capote
1974 Compacto Continetal (Tom Zé com Odair Cabeça de Poeta):
1. Botaram tanta fumaça
2. Dodó e Zezé 
1975 O Forró Vai ser Doutor (& Grupo Capote)
1976 A Forronática e o Forramba (& Grupo Capote)
1978 Águas e Mágoas (& Grupo Capote) 
1979 Rebuliço (& Capote)
1982 Odair Cabeça de Poeta

1986 Repolho Podre e os Rabanetes Delinquentes

FONTE
http://rarasmusicas.blogspot.com/2012/01/mpb-files-odair-cabeca-de-poeta-grupo.html

6 comentários:

  1. Nenhum link do grupo está funcionando!

    ResponderExcluir
  2. links offf! teria como reupar ai? vlw!

    ResponderExcluir
  3. Sérgio estes discos não existem para download, se puder re-postar-los ficarei muito grato. E aproveitando quero parabeniza-lo pelo excelente Blog.

    ResponderExcluir

Topo da Página ↑