Seja bem-vindo ao BRASIL DE DENTRO. Vamos tirar o Brasil da gaveta!

LEIA!

O BRASIL DE DENTRO é um blog que não visa lucro. Seu objetivo é apenas um: desvendar o Brasil para os brasileiros. Quer ajudar a concretização desse objetivo? Faça o seguinte: divulgue o BRASIL DE DENTRO entre seus amigos. Um grande abraço!

CAMPANHA "VAMOS TIRAR O COMPOSITOR DA GAVETA"

Ajude a preservar a memória do compositor brasileiro. Adote um álbum, e, se tiver acesso aos créditos das canções, informe, nos comentários, o título de cada canção na ordem em que aparece, seguido do nome dos compositores.

COMO BAIXAR OS ARQUIVOS DESEJADOS

Tenha certeza de que você está na página dedicada ao artista procurado, e não apenas vendo uma determinada postagem, como uma nota de atualização ou uma nota biográfica. Procure selecionar o artista clicando sobre seu nome na lista apresentada no final da página.

A página do artista apresenta a seguinte ordem: biografia, vídeos disponibilizados no Youtube e as capas dos álbuns com os respectivos links. Para baixar os álbuns, basta clicar na imagem do canário abaixo da frase "TIRE ESTE ÁLBUM DA GAVETA".

sexta-feira, 1 de março de 2013

ANTÔNIO VIEIRA

Antônio Vieira, baiano de Santo Amaro da Purificação, é compositor, poeta e cordelista. Seu trabalho denominado “O Cordel Remoçado”, une música e literatura popular numa linguagem simples e contemporânea. Suas histórias e seus personagens retratam a forma de viver criativa e peculiar do povo brasileiro, tendo o seu foco na cultura nordestina. Nas suas andanças pelo Brasil o artista foi catalogando diversas histórias, contos e causos cujos ele presenciou e vários que lhes foram relatados. Da sua juventude na terra dos canaviais e do bonde, o cordelista traz preciosas vivências que transformou em versos trágicos, engraçados e surpreendentes.

O trabalho do cordelista Antônio Vieira é conhecido em diversos países, principalmente nos de língua portuguesa e dentre estes, em especial, Portugal – onde foi convidado pela companhia de teatro Cena Lusófona, no ano de 2004, para fazer apresentações e publicar um de seus livretos, o cordel “Popó do Maculelê de Santo Amaro”.

Em Salvador, na Bahia, onde reside, o autor já lançou dois livros – O Cordel Remoçado: histórias que o povo conta/volumes 1 e 2 –, dezenas de livretos de cordel, gravou o Cd “O Cordel remoçado”, gravou um especial para a TVE-Bahia com entrevista e performance do show “O Cordel Remoçado”; além de participar de programas televisivos voltados para a cultura popular e entrevistas para diversos meios de comunicação impressos e virtuais.

Em 2004, o cordelista consolidou a importância do seu trabalho ao ser convidado e diplomado como membro efetivo da Academia de Cultura da Bahia, assumindo assim uma cátedra nesta importante instituição que reúne personalidades de notório significado para a discussão acerca da cultura no Estado da Bahia.

Outro ponto que marca o trabalho deste cordelista, são suas constantes intervenções nas universidades, escolas e instituições ligadas a cultura do Estado da Bahia e do Brasil, participando de discussões, palestras e ministrando cursos; todos circundando o enfoque histórico-social do cordel e sua importância para a formação dos indivíduos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Topo da Página ↑