Seja bem-vindo ao BRASIL DE DENTRO. Vamos tirar o Brasil da gaveta!

LEIA!

O BRASIL DE DENTRO é um blog que não visa lucro. Seu objetivo é apenas um: desvendar o Brasil para os brasileiros. Quer ajudar a concretização desse objetivo? Faça o seguinte: divulgue o BRASIL DE DENTRO entre seus amigos. Um grande abraço!

CAMPANHA "VAMOS TIRAR O COMPOSITOR DA GAVETA"

Ajude a preservar a memória do compositor brasileiro. Adote um álbum, e, se tiver acesso aos créditos das canções, informe, nos comentários, o título de cada canção na ordem em que aparece, seguido do nome dos compositores.

COMO BAIXAR OS ARQUIVOS DESEJADOS

Tenha certeza de que você está na página dedicada ao artista procurado, e não apenas vendo uma determinada postagem, como uma nota de atualização ou uma nota biográfica. Procure selecionar o artista clicando sobre seu nome na lista apresentada no final da página.

A página do artista apresenta a seguinte ordem: biografia, vídeos disponibilizados no Youtube e as capas dos álbuns com os respectivos links. Para baixar os álbuns, basta clicar na imagem do canário abaixo da frase "TIRE ESTE ÁLBUM DA GAVETA".

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

VANDER LEE


A carreira de Vander Lee, assim como de um grande número de músicos, foi iniciada nos bares da vida. Após várias apresentações, em 1987, o cantor fez sua primeira apresentação com músicas suas no projeto ‘Segunda Musical’ no Teatro Francisco Nunes.  Nos anos seguintes se apresentou mais em bares que em palcos, até que em 1996 ganhou o segundo lugar do festival ‘Canta Minas’ realizado pela Globo Minas com a música ‘Gente não é cor’. Esse foi o impulso necessário para o artista produzir seu primeiro cd independente, assinando ainda como Vanderly no ano de 1997. Depois de várias tentativas, foi sugerido o nome Vander Lee, que o acompanha até hoje.

O cd não obteve uma venda significativa, mas conquistou os primeiros fãs do cantor. Em novembro de 1998 Elza Soares conheceu o trabalho do artista e incluiu a música ‘Subindo a Ladeira’ em seu repertório de show. Vander Lee a convidou para assistir um show seu em BH e ela além de vir, dividiu o palco com ele. A partir daí, ele realizou várias participações nos shows de Elza em São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador.

Seu segundo cd, ‘No Balanço do Balaio’ foi lançado em 1999 pelo selo da Kuarup, com participações de Mauricio Tizumba, Tambolelê, Raquel Coutinho e o pai do cantor, José Delfino. O disco rendeu boas críticas e circulou timidamente por Minas, Rio e São Paulo. Vander sentiu uma movimentada em sua careira após várias cantoras gravarem suas músicas, como Rita Ribeiro, Gal Costa, Emilinha Borba, Lúdica Música, Alcione, Leila Pinheiro, Paula Santoro, Margareth Menezes, Eliana Printes, Luiza Possi, Selmma Carvalho. Até hoje um grande número de mulheres gravam suas canções.

Em 2003, o terceiro cd nasceu de uma temporada de shows feita por Vander Lee em Belo Horizonte, no teatro Chico Nunes. O cd se chama ‘Ao Vivo’ e contou com a participação de Elza Soares e Rogério Delayon. A Indie Records vendo o potencial do disco resolveu distribuí-lo. O trabalho foi um sucesso e rendeu ao artista muitos shows pelo Brasil, além da possibilidade de lançar em 2005 o cd ‘Naquele verbo agora’, mais romântico e levemente pop. Com esse disco, Vander Lee foi finalista do “Prêmio Tim de Música”, nas categorias Melhor Disco e Melhor Cantor da Canção Popular.

Em 2006, Vander Lee gravou o cd e DVD ‘Pensei que fosse o céu’ no Grande Teatro do Palácio das Artes, em um show emocionante, com uma banda de peso e a participação de Zeca Baleiro. Além disso, gravou também seu segundo DVD, o ‘Entre’, um acústico com convidados (Renato Motha, Regina Souza, Maurício Tizumba) que será lançado em breve.
No ano de 2007, Vander Lee fez turnê pelo Brasil com o disco ‘Pensei que fosse o céu’ e conquistou o Prêmio TIM de melhor disco de canção popular com o trabalho. No ano seguinte faz sua primeira apresentação fora do Brasil, sendo selecionado pelo fórum de música de MG para fazer um show internacional em Turin (Itália).

O ano de 2009 começou com boas surpresas. Em março Vander Lee participou do Festival SXSW em Austin, Texas, sendo um dos cinco artistas mineiros selecionados para o evento. No mês de abril, lançou seu mais novo cd, intitulado ‘Faro’. Com produção de Marcelo Sussekind, o cd tem uma levada mais pop e possui 12 faixas, sendo 10 inéditas. As outras duas músicas do cd são bem especiais: um poema musicado de Cartola, chamado ‘Obscuridade’ e uma versão de ‘Ninguém vai tirar você de mim’, sucesso na voz de Roberto Carlos. O cd conta com as participações do africano Lokua Kanza, Regina Souza, Renegado. No mês de maio, Vander Lee se apresentou no Festival Romerias de Mayo em Cuba, juntamente com outros artistas mineiros. Neste ano, além da turnê pelo Brasil do Faro, Vander Lee teve suas músicas gravadas por Maria Bethania (Estrela) e Fábio Jr (Românticos).

Em 2010, Vander Lee entra na trilha sonora da novela ‘Uma rosa com amor’ do SBT com três músicas: ‘Românticos’ na voz de Fábio Jr, ‘Chazinho com Biscoito’ com participação especial de Regina Souza, e ‘O dedo do tempo no barro da vida’. Em março ele voltou a se apresentar nos EUA, dois shows no Festival SXSW em Austin, um deles, ao vivo em uma apresentação virtual em 3D e um show em Miami para a rádio WDNA.

Segue a turnê do cd Faro pelo Brasil prometendo ao público shows emocionantes e cheios de poesia.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Topo da Página ↑