Seja bem-vindo ao BRASIL DE DENTRO. Vamos tirar o Brasil da gaveta!

LEIA!

O BRASIL DE DENTRO é um blog que não visa lucro. Seu objetivo é apenas um: desvendar o Brasil para os brasileiros. Quer ajudar a concretização desse objetivo? Faça o seguinte: divulgue o BRASIL DE DENTRO entre seus amigos. Um grande abraço!

CAMPANHA "VAMOS TIRAR O COMPOSITOR DA GAVETA"

Ajude a preservar a memória do compositor brasileiro. Adote um álbum, e, se tiver acesso aos créditos das canções, informe, nos comentários, o título de cada canção na ordem em que aparece, seguido do nome dos compositores.

COMO BAIXAR OS ARQUIVOS DESEJADOS

Tenha certeza de que você está na página dedicada ao artista procurado, e não apenas vendo uma determinada postagem, como uma nota de atualização ou uma nota biográfica. Procure selecionar o artista clicando sobre seu nome na lista apresentada no final da página.

A página do artista apresenta a seguinte ordem: biografia, vídeos disponibilizados no Youtube e as capas dos álbuns com os respectivos links. Para baixar os álbuns, basta clicar na imagem do canário abaixo da frase "TIRE ESTE ÁLBUM DA GAVETA".

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

DINHO OLIVEIRA

Nasceu na pequena cidade de Poções, interior da Bahia. Aos nove anos teve suas primeiras aulas de música através da Filarmônica Lítero-Musical Primavera.

Na década de 1980 participou de diversos festivais de música no interior da Bahia, São Paulo, Santa Catarina, Minas Gerais e Espírito Santo.

Apresentou-se em shows, espetáculos e em projetos de centros culturais universitários, além de participar em feiras de interior, bailes populares e semanas de artes.



Uma poesia cantada e pluralmente brasileira. Essa é a música de Dinho Oliveira, artista influenciado pelo universo dos violeiros-cantadores do Nordeste e pela harmonização da canção mineira. Sua inspiração revela qualidade, elegância e diversidade de ritmos. No seu primeiro CD, Canto de Chegada (Tempo Record/1998), a personalidade musical já se fazia presente em canções autorais como Cantiga de quintal, Cantando ao coração, Sonhos da voz e Fuxico, esta última gravada por vários intérpretes, como Maciel Melo, Zelito Miranda, Pereira da Viola, Paulo Matricó e Alcimar Monteiro. Em Entre O Olho e a Orla, seu segundo disco, o cantor e compositor reafirmou sua ligação com a célula rítmica da nossa música. Reforçou a sua identidade com o cancioneiro popular. Ousou novas combinações sonoras. Em palco, Dinho promove, ao lado do grupo baiano Raciocínio Lento, o Sambaião - projeto que mistura samba e outros ritmos brasileiros. (Claudia Lessa)

Influências

Luiz Gonzaga, Elomar, Jackson do Pandeiro, Tavinho Moura, Lô Borges, Gilberto Gil, Caetano Veloso, Tom Zé e Mutantes.

FONTES:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Topo da Página ↑