Seja bem-vindo ao BRASIL DE DENTRO. Vamos tirar o Brasil da gaveta!

LEIA!

O BRASIL DE DENTRO é um blog que não visa lucro. Seu objetivo é apenas um: desvendar o Brasil para os brasileiros. Quer ajudar a concretização desse objetivo? Faça o seguinte: divulgue o BRASIL DE DENTRO entre seus amigos. Um grande abraço!

CAMPANHA "VAMOS TIRAR O COMPOSITOR DA GAVETA"

Ajude a preservar a memória do compositor brasileiro. Adote um álbum, e, se tiver acesso aos créditos das canções, informe, nos comentários, o título de cada canção na ordem em que aparece, seguido do nome dos compositores.

COMO BAIXAR OS ARQUIVOS DESEJADOS

Tenha certeza de que você está na página dedicada ao artista procurado, e não apenas vendo uma determinada postagem, como uma nota de atualização ou uma nota biográfica. Procure selecionar o artista clicando sobre seu nome na lista apresentada no final da página.

A página do artista apresenta a seguinte ordem: biografia, vídeos disponibilizados no Youtube e as capas dos álbuns com os respectivos links. Para baixar os álbuns, basta clicar na imagem do canário abaixo da frase "TIRE ESTE ÁLBUM DA GAVETA".

sábado, 21 de março de 2015

PAULO GABIRU


Paulistano de nascimento, criado na Baixada Santista, identificou-se com as águas barrentas e "cheias de segredos" do Rio São Francisco, indo e vindo nos velhos gaiolas junto com seus pais a cada férias. Aportou de modo definitivo em Bom Jesus da Lapa-BA, por volta de 1974 onde, há algum tempo atrás, é agraciado com título de cidadão lapense, por decreto do Legislativo Municipal. Apresenta passagens por diversos grupos musicais no interior do Estado, destacando-se em Salvador no "Quinteto Fred Dantas", em 1989. Paulo Gabiru cresceu ouvindo o resfolegar da antiga "Maria-fumaça" da já extinta estrada-de-ferro Sorocabana, depois substituída pelas (na época, modernas) locomotivas a Diesel (seu pai era ferroviário). Viu no horizonte do mar os grandes navios que lentamente se aproximavam do Porto de Santos. Trocou a água salgada pelo doce sabor de viver às margens do São Francisco.

O texto abaixo é de autoria de Miguel Mensittieri:

UM CANTADOR DO RIO SÃO FRANCISCO

Compositor e instrumentista, Paulo Gabiru compõe com boa dose de dramaticidade o perfil épico da região são-franciscana, articulando acordes nos meandros do contexto sociocultural.

Sua presença no campo musical é de fundamental importância não só como componente de um quadro que se expande conquistando fronteiras, senão também por influenciar novas gerações de compositores que interagem para o fortalecimento da música popular em nosso país e, especificamente, promover a música regional: inesgotável fonte de transformações estilísticas, sobre sólida base rítmica.

Seu trabalho musical apresenta estrutura nitidamente eclética, um trabalho onde a criatividade é tônica marcante. Basta atentar para os arranjos que evidenciam rico mosaico de variações.
Não obstante a inserção de outros ritmos há um traço predominante, provavelmente originário das toadas regionais: traço como se fora estigma de um temperamento musical sempre revigorado pelas raízes do vale são-franciscano.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Topo da Página ↑