Seja bem-vindo ao BRASIL DE DENTRO. Vamos tirar o Brasil da gaveta!

LEIA!

O BRASIL DE DENTRO é um blog que não visa lucro. Seu objetivo é apenas um: desvendar o Brasil para os brasileiros. Quer ajudar a concretização desse objetivo? Faça o seguinte: divulgue o BRASIL DE DENTRO entre seus amigos. Um grande abraço!

CAMPANHA "VAMOS TIRAR O COMPOSITOR DA GAVETA"

Ajude a preservar a memória do compositor brasileiro. Adote um álbum, e, se tiver acesso aos créditos das canções, informe, nos comentários, o título de cada canção na ordem em que aparece, seguido do nome dos compositores.

COMO BAIXAR OS ARQUIVOS DESEJADOS

Tenha certeza de que você está na página dedicada ao artista procurado, e não apenas vendo uma determinada postagem, como uma nota de atualização ou uma nota biográfica. Procure selecionar o artista clicando sobre seu nome na lista apresentada no final da página.

A página do artista apresenta a seguinte ordem: biografia, vídeos disponibilizados no Youtube e as capas dos álbuns com os respectivos links. Para baixar os álbuns, basta clicar na imagem do canário abaixo da frase "TIRE ESTE ÁLBUM DA GAVETA".

domingo, 21 de setembro de 2014

MAFALDA ARNAUTH


Mafalda Arnauth, (Lisboa, 4 de outubro de 1974), é uma fadista portuguesa. A sua carreira tem início em 1995, ao aceitar o convite de João Braga para participar num concerto seu no Teatro de São Luís em Lisboa.

Biografia

O primeiro álbum da artista, homônimo, Mafalda Arnauth (1999), foi aclamado pela crítica e recebeu o prêmio de voz revelação do ano da BLITZ, revista portuguesa voltada para o público jovem. Um sucesso que se repetiria no seu segundo disco, Esta voz que me atravessa (2001), quase inteiramente dedicado ao fado. Em 2003, Mafalda Arnauth lança Encantamento, no qual surge também como compositora, assinando quase todas as faixas. Diário (2005) foi saudado pela crítica e pelos fãs como o melhor trabalho da cantora até à data.

Em 2009 integra o projeto Rua da Saudade, juntamente com Susana Félix, Viviane e Luanda Cozetti, onde dá voz às letras originais de Ary dos Santos. O projeto lança o álbum Canções de Ary dos Santos, dando a conhecer uma Mafalda fora do espaço do fado.

Em 2011 associa-se a causa da Associação Fonográfica Portuguesa no combate à pirataria na Internet.

Discografia

Álbuns de estúdio

Mafalda Arnauth (1999)
Esta voz que me atravessa (2001)
Encantamento (2003)
Talvez se Chame Saudade – Best Of (2005)
Diário (2005)
Flor de Fado (2008)
Fadas (2010)

Outros

Rua da Saudade (2009)- tributo a Ary dos Santos



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Topo da Página ↑