Seja bem-vindo ao BRASIL DE DENTRO. Vamos tirar o Brasil da gaveta!

LEIA!

O BRASIL DE DENTRO é um blog que não visa lucro. Seu objetivo é apenas um: desvendar o Brasil para os brasileiros. Quer ajudar a concretização desse objetivo? Faça o seguinte: divulgue o BRASIL DE DENTRO entre seus amigos. Um grande abraço!

CAMPANHA "VAMOS TIRAR O COMPOSITOR DA GAVETA"

Ajude a preservar a memória do compositor brasileiro. Adote um álbum, e, se tiver acesso aos créditos das canções, informe, nos comentários, o título de cada canção na ordem em que aparece, seguido do nome dos compositores.

COMO BAIXAR OS ARQUIVOS DESEJADOS

Tenha certeza de que você está na página dedicada ao artista procurado, e não apenas vendo uma determinada postagem, como uma nota de atualização ou uma nota biográfica. Procure selecionar o artista clicando sobre seu nome na lista apresentada no final da página.

A página do artista apresenta a seguinte ordem: biografia, vídeos disponibilizados no Youtube e as capas dos álbuns com os respectivos links. Para baixar os álbuns, basta clicar na imagem do canário abaixo da frase "TIRE ESTE ÁLBUM DA GAVETA".

sábado, 21 de dezembro de 2013

SIMONA TALMA

Após um ano de trabalho intenso dedicado ao Talma&Gadelha em uma nova experiência  de trabalho coletivo, a cantora e compositora Simona Talma retoma o trabalho solo. Ela transitou de uma música mais pautada no jazz e blues, envolvida com poesia, extremamente melancólica e intimista para outro universo, mais roqueiro, mais leve, mais: “eu sofri, mas quero mesmo é ser feliz!” E porque não? Simona e Luiz recolheram composições antigas, que não se encaixavam em seus trabalhos solos, e um desejo em comum: fazer rock, com a simplicidade que ele traz, com a atitude, mas falando de amor, como sempre. Reuniram um time roqueiro que fez tudo ser possível e a convite de Anderson Foca, através do Projeto Incubadora e com produção do próprio Anderson, mataram o amor.
 Foram viagens, clipes, prêmios, boas indicações em listas do Nordeste, projetos importantes como: Pratas da Casa do Sesc Pompéia(SP), Tv Trama Virtual, Feira da Música de Fortaleza, Festival Bananada (GO), Rock Cordel do BNB Cultural (CE) e (PB), entre muitas outras  conquistas e um aumento substancial de público.

Simona Talma, 12 anos de carreira, três discos lançados: “A moça mais vagal que há” (Solo - 2005), “Pra que serve a música?” (Projeto Retrovisor - 2007) e “Matando o amor” (Talma&Gadelha - 2011); nos  três últimos meses dedicada a fazer o caminho contrário, feito a um ano, para voltar a um  trabalho solitário. Mais uma iniciativa do Projeto Incubadora do Combo DoSol, em 2012, mais um disco produzido por Anderson Foca e Bang! Um segundo disco, com uma pessoa totalmente diferente do que ela foi.

Embora as composições surjam dessa solidão, são inúmeros os colaboradores e parceiros que se jogaram na empreitada, a começar pelos compositores: Khrystal, Luiz Gadelha, Fernando Suassuna(Mad Dogs) e Clara Pinheiro(Clara e a Noite e Orquestra Boca Seca); tocando e colaborando com os arranjos: Willames Costa (Baixo acústico, pianos e acordeom), Toni Gregório(Guitarras, violões e bandolim), Daniel Garça (Bateria), Micael Martins(Gaitas), Henrique Geladeira (guitarras, baixo) - também produzindo e arranjando duas faixas do disco – além da participação especial de Clara Pinheiro (vocais) e Michelle Régis(vocais).

O Bang vem com a maioria das letras da própria Simona, com canções reunidas desde 2006, afinal, foram sete anos do primeiro disco para o segundo, todas inéditas, algumas novas, mas todas repaginadas e revividas. Mais pop? Talvez... Menos blues? Não! Mais solto do próprio eixo do blues, porém bem vívido nessa essência. Agora resta ouvir a evolução da cantora, da compositora e perceber os caminhos sentidos de lá pra cá, as partidas e retornos. São 10 faixas, sendo oito assinadas por Anderson Foca e duas por Henrique Geladeira, passeando pelo Rock, Rocksteady, Blues, Rockabilly, Jazz e Rhythm and blues, por temas como o amor incondicional, universal e a causa negra.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Topo da Página ↑